Mamoplastia Redutora

Mamoplastia Redutora

A mamoplastia redutora se trata de uma cirurgia  que tem como foco a redução do tamanho das mamas, é um procedimento onde é retirado todo o excesso de gordura, tecido e pele da região dos seios. 

 

O procedimento de redução das mamas é feito quando os seios se encontram em um tamanho e peso acima das características anatômicas da região torácica, a mamoplastia redutora, além de tratar a reconstrução mamária, trata do incômodo estético causado pelos seios muito grandes.

 

Na mamoplastia redutora é possível chegar a  uma proporção mais harmônica entre a mama, o tórax, e todo o conjunto corporal. Em alguns casos a redução mamária vem acompanhada da correção de algum tipo de ptose e assimetria existentes, e a mamoplastia tem como objetivo a diminuição do volume das mamas, dando-lhes um novo formato.


Esse tipo de cirurgia é indicada normalmente para pacientes que possuem mamas que limitam alguma atividade em sua rotina, ocasionando dores nas costas, pescoço, e ombros, causadas pelo excesso de peso dos seios, outros problemas comuns são  a  flacidez, seios caídos, baixa autoestima, dentre outros fatores.

Diante disso, a mamoplastia redutora apresenta muitos benefícios, como: eliminação da flacidez nos seios, simetria, seios mais firmes, aumento no volume das mamas e também em sua autoestima.

DÚVIDAS FREQUENTES:

  • 1. Para quem a mamoplastia redutora é recomendada?
  • Especialmente para casos de gigantomastia (aumento excessivo do volume das mamas), que pode provocar danos físicos e psicológicos.
  • 2. A partir de que idade é possível realizar o procedimento?
  • Por volta dos 17 anos, quando o desenvolvimento das mamas já está completo.
  • 3. Quanto tempo dura o procedimento e a internação?
  • A mamoplastia redutora dura em torno de três horas e o tempo de internação é de 12 a 24 horas. Variações de tempo podem ocorrer dependendo de cada caso.
  • 4. Há um limite para a redução da mama?
  • Para chegar ao tamanho adequado dos seios, são considerados a dimensão do tórax, o grau de desenvolvimento excessivo da mama e a satisfação pessoal da paciente.
  • 5. Como são as cicatrizes na mamoplastia redutora?
  • São inúmeras as técnicas a serem utilizadas. Na consulta médica inicial o cirurgião irá indicar a técnica mais adequada. A mais utilizada é a conhecida como “T” invertido, partindo do mamilo em direção ao sulco da mama.
  • 6. Em caso de gravidez o resultado será prejudicado?
  • Ganhos de peso exagerados durante a gravidez provocam a distensão da pele mamária e após o emagrecimento esta pele pode ou não voltar ao seu aspecto prévio.
  • 7. Quais são os cuidados básicos no pós-operatório?
  • No primeiro mês, é necessário evitar movimentos bruscos com os braços e erguê-los acima da linha dos ombros, dentre outros. O sutiã pós-cirúrgico deve ser usado por 30 dias. Evite tomar sol e fazer atividade física até a liberação do médico.
  • 8. São utilizados drenos?
  • Quase sempre é utilizado um pequeno dreno que costuma ser retirado antes da alta hospitalar.
  • 9. Quando a paciente pode retomar a rotina?
  • O retorno às atividades do dia a dia pode ocorrer por volta de 20 dias depois da cirurgia. Já o retorno total às atividades físicas deve ser feito de quatro a seis meses após o procedimento.
  • 10. A partir de quando é possível ver o resultado final?
  • O resultado final é visto entre seis e 12 meses após a cirurgia.